Copenhagen

Foi a nossa última parada. Desembarcamos e era até estranho dormir em terra firme, sem o leve balanço. Copenhagen é uma cidade perfeita. Quem mora lá pode até dizer que não, mas eu achei. Nunca vi um lugar tão organizado, limpo, conectado. Nos hospedamos ali no centro, perto do Tivoli. No primeiro dia, fomos andando até Nyhavn: o cartão-postal. Colorido lindo! Trocamos os Euros por Coroas Dinamarquesas e achamos tudo bem caro. Passeamos muito, jantamos noodles da barraquinha de rua e foi delicioso. Voltamos para o hotel e esperamos o meu irmão chegar do Brasil.

Matamos as saudades do Arthur. Logo cedo voltamos ao Nyhavn pois ele ainda não havia conhecido. Passamos pelo Palácio de Christiansborg e vimos os cavalos brancos da família real: cena de filme mesmo! Depois de uma cervejinha em um dos charmosas bares a beira do canal, andamos até o Christianshavns Kanal, em outra parte da cidade. Eu e Arthur ainda seguimos para o Castelo Rosenborg e depois para Christiania, a "cidade livre" - incrível e diferente de tudo o que eu já vi. Encontramos o meu pai no hotel e saímos para jantar. Noodles de novo :)

Começamos o dia com uma visita ao mercado Torvehallerne. Fiquei triste porque tinha acabado de tomar o café da manhã: não tinha fome para comer tudo o que eu queria. Finalmente vi os famosos smørrebrød - típico sanduíche da Dinamarca. Fiz a foto que se tornou uma das preferidas da minha vida, eba! A caminho de algum ponto turístico, nos deparamos com uma manifestação e paramos para observar. Os organizadores nos entregaram placas: seguramos e acompanhamos as pessoas cantando o hino da dinamarca (não cantamos, lógico). Foi muito divertido :)

Visitei o museu Ny Carlsberg Glyptotek: mais bonito que já conheci. Depois andei pelas ruas mais charmosas que encontrei na cidade: Laederstraede e Gothersgade. A primeira é muito imperdível.  Cafés e Lojas bacanas por todos os lados. No final do dia, conhecemos a Round Towel. Observatório mais antigo ainda em atividade na Europa. Foi o ponto turístico que mais amamos, com história bem interessante e a vista mais bonita de Copenhagen!