#lindapelomundo: Deserto do Atacama Lifestyle
01 MARçO. 2015
27 COMENTÁRIOS

Para fotografar a campanha da Linda de Morrer deste mês, nós nos aventuramos no Deserto do Atacama, o lugar dono das paisagens mais surreais que eu já conheci. Foi incrível e muito divertido! A equipe da Linda é super especial e muito querida por mim. Organizei um roteiro com fotos para mostrar a vocês um pouco desta experiência no deserto. Aposto que todo mundo vai acabar de ler o post e colocar o Atacama na lista de destinos especiais!

Processed with VSCOcam with c8 preset

A viagem para o Atacama é rápida e bem tranquila. Saímos de São Paulo com destino a Santiago e, de lá, seguimos para o aeroporto de Calama. Depois de uma hora na estrada – grudada na janela e chocada com as paisagens estonteantes do deserto – chegamos a pequena cidade de São Pedro de Atacama, que abriga um povo muito hospitaleiro e um céu imensamente estrelado.

Processed with VSCOcam with c4 preset Processed with VSCOcam with c6 preset

Nos hospedamos no Hotel Cumbres, maravilhoso! Na frente do quarto, logo de manhã cedo, tive que registrar os girassóis que deixavam a paisagem ainda mais impressionante. É nítido como o clima seco do deserto já se faz sentir no primeiro dia por lá… Garganta fechada, nariz sangrando e muita água para compensar, rs!

IMG_1667

No primeiro dia de fotos, Nino, nosso guia “muso” nos levou para conhecer o cavalo que também foi estrela da campanha. Nem preciso dizer o quanto amei dividir a cena com ele!

Processed with VSCOcam with c1 preset Processed with VSCOcam with c6 preset

Maquiagem da minha amiga linda e incrivelmente talentosa, Dê (@dennyacarvalho)!

IMG_1797

Juro que eu nem imaginava que existia um lugar tão maravilhosos assim no mundo, até ver com os meus próprios olhos!

Processed with VSCOcam with c7 preset Processed with VSCOcam with a6 preset

Processed with VSCOcam with c7 preset Processed with VSCOcam with c1 preset

Processed with VSCOcam with c7 preset Processed with VSCOcam with c8 preset

Processed with VSCOcam with c7 preset

IMG_1954

IMG_7800 680

IMG_7775

IMG_2043
Talvez você nunca tenha pensado em incluir o Deserto do Atacama nos lugares que deseja conhecer pelo mundo. Juro, é preciso ir até lá para entender o lugar. As formações rochosas do Vale da Lua, os salares e todos os demais pontos turísticos naturais, que são gerenciados pelo próprio povo atacamenho, foram cenário para a campanha que você vai conferir agora. O Pedro (@believeinpedro) arrebentou nos cliques e ficou lindo!

DSC_1960

DSC_1998

DSC_2123

DSC_2263

DSC_2336

DSC_2521

DSC_2494

DSC_2631

DSC_2673

DSC_2726

DSC_2838

DSC_2747

DSC_2896

DSC_3304

DSC_3526

DSC_3783

DSC_3883

DSC_3911

DSC_4064

DSC_4130

DSC_4457

DSC_4559

DSC_4895

DSC_5170

DSC_5307

DSC_5386

DSC_5464

DSC_6278

DSC_6295

DSC_6343

DSC_6568

As lembranças deliciosas que tenho desta viagem ainda estão frescas e muito bem guardadas na memória e no coração. É impossível descrever a sensação de estar lá, viver o silêncio total e a imensidão de um lugar mágico. Ainda que eu lhes mostre todas as fotos do mundo, não posso deixar de dizer: você precisa conhecer o Atacama!

Mil beijos,

Luisa.

Carnaval nas montanhas Lifestyle
23 FEVEREIRO. 2015
20 COMENTÁRIOS

O meu carnaval este ano foi como um suspiro no meio de muito trabalho.  Sempre penso em curtir a folia mas, quando o feriado se aproxima, acabo me rendendo aos dias “sem fazer nada”. Impressionante como estas três palavras ganham valor a cada ano, rs! Começamos o carnaval em Manguinhos e, de última hora, decidimos passar dois dias nas montanhas. Eu sou apaixonada pela serra capixaba. Acho que somos privilegiados pelo fácil acesso a  tantas belezas naturais estonteantes, sem falar na culinária local e nas delícias caseiras – maravilhosas!

Processed with VSCOcam with c7 preset

Nós não conhecíamos o hotel Pedra Azul Eco Resort, mas nos encantamos ao chegar lá. A vista é incrível, o quarto super lindo e aconchegante, e o atendimento é tão bacana que mesmo antes de ir embora a gente não vê a hora de voltar.

Processed with VSCOcam with c6 preset

Não poderia deixar de jantar no Alecrim, meu restaurante preferido na região. Escolhi um Linguini ao molho de limão siciliano, porque amo tudo o que envolve este ingrediente. O Flávio pediu medalhão de mignon acompanhado de um risoto de gorgonzola com geléia de morango: surreal!

Processed with VSCOcam with a5 preset

Processed with VSCOcam with c8 preset

Aproveitamos o dia de sol para caminhar pela manhã e, depois, passear na cachoeira do hotel. Da próxima vez, tomo coragem para experimentar o Rapel! Processed with VSCOcam with c8 preset

Processed with VSCOcam with c6 preset Processed with VSCOcam with c8 preset

IMG_7900 680

IMG_7854 680

IMG_7904 680

IMG_7845 680

IMG_7909

Processed with VSCOcam with c7 preset

IMG_7926

IMG_7914

IMG_7949 680

IMG_7974 680

IMG_7980 680

O lugar é realmente uma delícia, e vale a visita! Aproveita um fim de semana para conhecer, tenho certeza de que não vai se arrepender!

Mil beijos,

Luisa.

Sobre o que a gente é quando cresce. Lifestyle
28 JANEIRO. 2015
40 COMENTÁRIOS

Já faz tempo quando, com meus 10 anos de idade, eu disse que seria veterinária quando crescesse. Os animais eram o que eu mais amava no mundo. Acabei desistindo pois não gostava da idéia de operar os bichinhos, e sabia que alguém faria o trabalho muito melhor do que eu. Jornalismo, advocacia e publicidade foram as outras carreiras que já me passaram pela cabeça. Nunca tive certeza sobre nenhuma delas. Difícil escolher o que a gente quer fazer para “ganhar a vida”. Mais difícil ainda: ter coragem para fugir ao que  acham que “devemos” fazer da nossa vida.

Hoje, aos 23 anos, se você me perguntar o que me trouxe até aqui, terei que pensar por bons instantes. Os meus diários da infância, a paixão por fotografia, a mania de querer viver os meus sonhos… Ou talvez uma seqüência de fatos arranjados pelas pessoas, lugares e experiências que me tocaram a alma, daquele jeito que a gente sabe que não pode dar errado.

Não me lembro de ter respondido nenhum dos questionários cheios de possibilidades “do que você quer ser quando crescer”. Os sonhos não cabiam na resposta, e ainda faltava muito para ser crescida. Eu sabia que queria ter um trabalho que me fizesse feliz, viajar o mundo e ter uma agenda lotada – e organizada – de compromissos. Eu queria ser importante, e só depois descobri que a única coisa que importava viria com o tempo: experiência.

A gente tem essa mania de querer ter tudo resolvido antes do tempo. Achamos que a descoberta do que amamos será o fim de nossas buscas, quando na verdade é apenas o começo de nossas aventuras. Ninguém deveria ter que saber o que quer ser quando crescer… Na minha opinião, quem tem a resposta é a vida. À nós só cabe experimentar – do jeito mais gostoso possível.

Se eu soubesse desde o princípio o que fazer com o meu tempo, certamente o caminho seria mais curto e muito menos surpreendente, empolgante e prazeroso. Eu tive medo, e entendi que se preocupar demais é centralizar a energia no que a gente não quer que aconteça. Duvidei do que eu poderia ser, mas os resultados me mostraram que eu só precisava fazer e acreditar para ter o que queria. A determinação é muito diferente da prepotência. Você reconhece seu valor, percebe que é o único responsável na busca de seus desejos e cresce com humildade.

Desktop9

Alguns dias você olha para trás e é engraçado pensar que você não sabia, mas nasceu para ser o que é. Não existe tempo certo para isso, pois a gente só atrai o que está pronto para viver. É como buscar um amor, que só vai nos encontrar quando estivermos distraídos. Eu ainda consigo me ver há um ano atrás, um pouco perdida nos objetivos da minha vida, sem saber o que fazer com o meu tempo. Não imaginava que hoje não teria tempo para pensar nisso. A realização me consome, e empreender é o que me realiza.

E você, tem sonhado com o que? Talvez possa lhe servir um pouco do que aprendi, quando digo: não se aflija. Comece, tente, experimente, faça o novo. Não se compare com os outros, pois ninguém foi único tentando se espelhar no resto do mundo. Acrescente o que deu errado ao seu potencial e experiência. Faça o que você ama, e não o que você acha que deveria amar. Paixão é essência e a gente não escolhe.

Tento não me esquecer de curtir o meu presente, que passa tão rápido quando a gente só quer mais. Sonhar é sempre bom, mas mais gostoso ainda é viver a realidade que a gente sempre quis. É crescer querendo ser cada vez mais o que, hoje, somos.

Ps: Deixem as perguntas para a volta do #askmeanything nos comentários!

Feliz ano novo! Lifestyle
03 JANEIRO. 2015
4 COMENTÁRIOS

Feliz ano novo, gente! Espero que 2015 traga novos sonhos realizados, paz, amor e muita saúde, sempre! Não tem nenhuma época no ano tão gostosa como esta. Mesmo que a gente saiba que os dias continuam os mesmos, a sensação de renovação ocupa um espaço enorme e traz novas energias, expectativas e mudanças. O ano de 2015 já começou muito especial para mim. Há um ano atrás, os desejos que preencheram a lista de metas são, hoje, a minha realidade. Como é gostoso fechar os olhos e lembrar daquele momento exato, na virada de ano, em que a gente coloca toda a fé do mundo nos próximos 365 dias. Hoje entendemos que o que não foi, deixou de ser para trazer algo melhor. O que era para acontecer, não passou nem perto do que imaginamos, mas construiu uma história linda de se contar, e que nos ensinou o que deveria ensinar.

Hoje, tudo o que queremos é continuar vivendo. 2015 vai ser diferente, mas igualmente necessário para a gente. Porque no fim do ano, contamos erros e acertos, apostas e tropeços, e todos somam. Só não pode ter saudade do que a gente não foi, porque não da para esperar sempre pela próxima vez. Que seja incrível, e cheio de vida. O resto a gente faz acontecer.

IMG_4339 680

IMG_4346 680

IMG_4350 680

IMG_4300 680

IMG_4347 680

IMG_4326 680

IMG_4301 680

Ps: primeiro ano novo vestindo peças da minha marca! O cover branco chega nessa semana, rs!

Mil beijos e muito amor,

Luisa.

Sobre a minha marca Lifestyle
21 DEZEMBRO. 2014
126 COMENTÁRIOS

Antes de começar a ler este post, pense um pouco em tudo o que você já viu por aqui. Se é leitora deste espaço há um bom tempo, certamente me conhece e, quem sabe, já até lembrou de mim com fotos, roupas e histórias que encontrou por seus caminhos. A gente se entende, e isso me faz muito feliz. Gosto de compartilhar o que eu amo com vocês e, nossa… Como esperei para falar deste momento. É bem difícil, na verdade, esclarecer tudo o que tem acontecido nos limites de um post, mas acho que pela nossa história nem vou precisar me esforçar tanto.

Eu sempre quis trabalhar feliz. Pertenço à geração que pretende curtir todo o percurso, ao invés de esperar para aproveitar o conforto no final do caminho. Conforto, na minha concepção, é rotina que preenche o coração. Criar uma marca já passou pela minha cabeça algumas vezes, mas achava óbvio demais. Me perdia nas incontáveis possibilidades de nomes, conceitos, temas e começos. E dali nada se construía. Com o tempo, vocês me ajudaram a encontrar e reconhecer o que foi berço de tudo: a minha identidade. Toda vez que uma leitora me mandava uma roupa que achou a minha cara, ou tirava uma foto ao “meu estilo”, eu imaginava o que a fez reconhecer, ali, um pouco de mim. É incrível quando a gente consegue transmitir exatamente o que é. De certa forma, tudo aquilo que é verdadeiro assume o potencial de se tornar inspirador.

Foi natural, inevitável e muito especial, como a minha marca se construiu. Conheci as pessoas certas, nos momentos exatos, e quando isso acontece a gente tem ainda mais certeza do que está fazendo. Se tenho algo a oferecer, é a minha eterna gratidão àqueles que estão ao meu lado desde o início deste projeto. Nada como ter por perto quem nos faz acreditar na gente, e sempre direciona o caminho a nossa frente.

_DSC1901menor

Faz aproximadamente 6 meses que eu não durmo ou acordo sem pensar e sonhar com tudo o que está acontecendo. É extremamente empolgante e desafiador inventar o conceito de uma coleção, acompanhar toda a sua criação e esperar para ver o que vai acontecer… O que vocês vão achar. Eu sempre quis fazer isso, mesmo sem saber desde o início. Quem curte empreendedorismo sabe que não tem nada como fazer do nosso jeito. É muito difícil, sim, e os problemas aparecem todos os dias para nos tirar o descanso. Mas no meio de toda a loucura, atrasos, imprevistos e riscos, o elogio de alguém que amou uma peça me arrepia o corpo inteiro. Nestes momentos eu me conforto e nem me importo com as noites sem dormir: só quero mais.

Me dediquei por inteiro a cada foto, mensagem e detalhe do e-commerce da marca que vai ao ar nesta semana, e confesso que me pego viajando, imaginando a reação de cada uma de vocês no primeiro acesso. Espero que acompanhe um sorriso, rs! Neste sábado, tive que segurar os olhos cheios d’água quando vi as meninas provando as peças e planejando a data certa para usarem, porque vestiu bem e elas amaram muito. Vai ser incrível ver cada uma delas acrescentando um pouco do próprio estilo à nova peça que adquiriram.

Estou muito feliz, de verdade. Mesmo com todo esse turbilhão de emoções que envolvem o lançamento, em meio a falta de tempo, meu coração insiste em repetir: “aproveite, porque está acontecendo”. E obedeço, sem resistir, com um pensamento em mente: quero aproveitar para sempre.

ps: me desculpem a ausência nestas semanas recentes, isso não vai mais acontecer. O início é sempre loucura, mas aos poucos a gente se acostuma!

ps 2: a marca leva o meu nome, “Luisa Meirelles”. A primeira coleção se chama “Sirena”. Não vou falar tanto porque estraga a surpresa!

ps 2: me digam o que estão achandoooooo! Tô muito ansiosa.

London day 3 Viagem
08 DEZEMBRO. 2014
37 COMENTÁRIOS

Já vou começar o post avisando que estas são as minhas fotos preferidas da viagem. Reservamos a manhã da segunda-feira para um passeio clássico no parte que enfeita as redondezas do palácio de Buckingham: o Green Park. Pela primeira vez, nos hospedamos no outro lado do rio Tâmisa, em Southwark. Normalmente o custo dos hotéis é mais baixo e a região central da cidade está a apenas 20 minutos de caminhada ou 10 de metrô. Todos os dias atravessávamos a ponte para admirar a vista que eu mais amo em Londres: o parlamento e a London Eye. Mais uma vantagem de ficar no lado sul do rio!

IMG_2246 680

IMG_2256 680

Repetimos essa foto em algumas viagens a Londres, rs! Túnel do tempo… E que venham as próximas! Ps: não mudei quase nada e o Arthur nem parece a mesma pessoa.

BeFunky_ca3e6f5696b711e18bb812313804a181_7

IMG_2260 680

IMG_2283 680

IMG_2284

A intenção era passar só a manhã no parque, mas os esquilos apareceram e a gente se apaixonou perdidamente. Me diz se existe alguma coisa mais deliciosa no mundo? Ficamos um tempão alimentando estes gordinhos que só fizeram sorrir quem passava por ali.

IMG_2328 680

IMG_2287

IMG_2374 680

IMG_2290

IMG_2365

IMG_2382 680

IMG_2383 680

IMG_2495 680

IMG_2404 680

IMG_2505 680

Eu estava vestindo bota Topshop (dos meus sonhos!),  short e blusa idem, casaco que comprei em Spitalfields por 40 pounds (!) e bolsa Hayla Bags.

IMG_2542 680

Juro que aquele parque era um dos lugares que eu escolheria para passar alguns dos momentos mais gostosos da vida. Não tem nada como o clima de outono, tão leve e aconchegante, confortável e colorido. Uma paisagem que pede pra gente – sempre – ficar mais um pouquinho.

IMG_2607

IMG_2550 680

IMG_2551 680

IMG_2608

IMG_2554 680

IMG_2577 680

IMG_2559 680

IMG_2613

IMG_2615

IMG_2616 680

 Nessa época do ano escurece super cedo em Londres! A foto a seguir foi tirada por volta das 16:00… O jeito era aproveitar ao máximo a luz do dia e curtir a noite que se prolongava. Fomos para o Hyde Park e assistimos a um show no Bavarian Village, dentro do festival de inverno!

IMG_2642 680

IMG_2647

IMG_2649

Quase um “Oktoberfest”, rs!

IMG_2653

IMG_2656

IMG_2661

 

No final da festa, indiquei o caminho inverso em segredo, só pra ver a Harrods iluminada. Quando o Arthur descobriu, nem se arrependeu. Ela estava linda!

IMG_2672

IMG_2668

IMG_2681

Mil beijos e até a próxima,

Luisa.