STYLE IS WHERE YOU ARE Estilo
04 FEVEREIRO. 2014
18 COMENTÁRIOS

“Não quero a moda para mandar em mim. Quero é me libertar da moda. Quero é convidar a moda a se vestir de mim.” – Cris Guerra.

A moda tem dessas coisas… Um dia a gente acorda diferente do outro e acaba se vestindo diferente também. Por isso é tão difícil (impossível!) definir o próprio estilo. Definir limita, e todo mundo sabe que não existem limites para a criatividade. O meu estilo é uma mistura de vários sentimentos, desejos e… Lugares! Tudo ao meu redor pode ser inspirador, mas nada aguça mais a minha sensibilidade do que viajar. Andei pensando nisso um dia desses e, ao olhar as diversas fotos que ilustram a parede da escrivaninha, percebi claramente que eu sou “muitas em uma só”. A moda me permite mudar sempre, mas sem perder a minha essência.

IMG_0474

Eu não me imagino tendo os mesmos gostos e preferências durante uma vida inteira. É preciso renovar e experimentar… É o que faz a gente se gostar sempre, de um jeito ou de outro. É sentir e refletir a alma nas suas escolhas, criar histórias. Quem gosta de se vestir, sabe o prazer que esta liberdade nos proporciona… Você pode ser o que quiser!

travel

Dos lugares que já visitei, trouxe um pouco deles dentro de mim. O meu jeito de vestir carrega muitas experiências…

Sem Título-2

Não sei se foi a tradição, diversidade, arte ou a peculiar história daquela cidade… A verdade é que me apaixonei por Londres no dia em que a conheci, com apenas 13 anos de idade. Viajar e conhecer lugares novos é uma delícia, mas preciso confessar: voltar a Londres é melhor ainda! A moda em Londres é autêntica, eclética, exala atitude e personalidade nas ruas e na arte. Foi por isso que a escolhi como destino quando passei o último mês de julho cursando “Fashion Image”, no Istituto Marangoni. Lá eu vestia peças descoladas e cheias de atitude, gostava da pegada “we don’t care” das meninas londrinhas. Londres deixou em mim um estilo eclético, o gosto pelas peças de cores mais escuras e infinitas aquisições na Topshop, heheh!

06072013-IMG_0313

680

Eu descobri que a Califórnia é “a minha cara!”. Todo mundo curte o boho-chic, a pele bronzeada e os cabelos soltos e bagunçados de propósito. Aquela mistura hippie x patricinhas de Beverly Hills é muito bacana e me conquistou de primeira, tanto que depois de voltar não tiro mais da cabeça que quero morar lá!  As californianas esbanjam estilo… São chiques e sofisticadas, mas esportistas e casuais ao mesmo tempo. Todo mundo quer ter um pouco do “california-style”.

IMG_0063

Sem Título-1

Aprendi muito sobre o estilo da parisiense depois de ler o delicioso livro de Inès de la Fressange. Foi quando entendi o significado de “je ne sais quoi”: o charme inexplicável de uma mulher. A parisiense conhece a arte de combinar peças específicas à autoconfiança e elegância natural de uma mulher, o que, ao meu ver, faz toda a diferença. Ela tem um jeito muito mais charmoso de mostrar que é uma moça antenada… Ao invés de optar por um só look que reúna todas as tendências do momento, a parisiense prefere usar um pequeno detalhe que acompanhe a moda e combine com o seu estilo e sua personalidade.

Lembro que no dia em que tirei esta foto, estreei a minha recém adquirida sapatilha da Chanel, no Bon Marché. Não poderia escolher uma produção diferente: clássica, chique, delicada e charmosa, como Paris.

25072013-IMG_4955

Sem Título-1

Também conhecido como o “paraíso na terra”, Trancoso só atribui uma “regra” aos seus visitantes: pés no chão! Na hora de curtir a natureza, não tem nada mais gostoso do que uma boa havaiana, short jeans e batinhas bem confortáveis. Experimente se vestir assim e o seu corpo vai responder imediatamente: estou de férias! Gosto dos tons quentes e bem vivos para me vestir no calor da praia… Sorte a nossa que por lá é verão quase o ano inteiro.

13102013-IMG_9814

 

Sem Título-1

 

Firenze é a cidade mais romântica que eu já conheci. Sua história é marcada pelo esplendor da arte e cultura, repleta das catedrais mais bonitas do mundo, assim como palácios, vilas e jardins fascinantes. Na moda, romantismo é vestido, flor ou renda; e na Itália eu não conseguia pensar em outra coisa. Levei o meu vestido de flores rendadas e ainda aproveitei para usar chapéu. Mais feminina, impossível!

IMG_6967

Perceberam como o modo como nos vestimos reflete nossos desejos e sentimentos? É uma experiência fascinante conhecer tantos lugares do mundo e carregar uma bagagem de diferentes estilos que, juntos, inventam e reinventam as nossas escolhas. Eu adoraria saber algumas das histórias de vocês… Já se inspiraram pelo mundo?

Mil beijos!