#lindapelomundo: Bolívia Viagem
01 ABRIL. 2015
22 COMENTÁRIOS

Confesso que, quando cheguei a Bolívia, não sabia ao certo o que iria encontrar. Bastaram alguns minutos no percurso até o hotel para perceber que era diferente de tudo o que eu já havia visto ou conhecido. A estrada era repleta de casas com tijolos expostos que, como descobri depois, eram deixadas assim por opção de muitos habitantes já que, mantendo-as em eterno “estado de construção”, eles não precisam pagar mais impostos ao governo.

A cidade de La Paz, capital mais alta do mundo, é rodeada de montanhas e picos nevados dos Andes. Nas ruas, a gente logo percebe porque a metrópole é também a mais indígena da America do Sul. No meio da confusão do trânsito, dos vendedores ambulantes e das “cholitas”, tão características da Bolívia, senti muita vontade de conhecer mais daquele país, um dos mais pobres do continente e repleto de tradições, mistérios e riquezas naturais.

IMG_3604

Processed with VSCOcam with c6 preset Processed with VSCOcam with c8 preset

Processed with VSCOcam with c6 preset

Processed with VSCOcam with c8 preset

Começamos o primeiro dia fotografando pelas ruas repletas de “artesanias”. Sem dúvidas a variedade de ponchos, bolsas e acessórios incríveis que vi por lá fizeram da Bolívia o melhor destino para aquisições tradicionais. Era engraçado observar as “cholitas”, com suas longas tranças, chapéus e saias coloridas circulando entre os prédios e lojas modernas: um belo contraste dos costumes ancestrais com a atualidade.

DSC_8126

DSC_8136

DSC_8191

DSC_8232

DSC_8404

DSC_8442

DSC_8515

DSC_8541

DSC_8831

DSC_8890

DSC_8906

Processed with VSCOcam with c7 preset Processed with VSCOcam with c6 preset

Depois do almoço, fomos fotografar nos arredores da Catedral de La Paz, onde o passado colonial da cidade se mostra presente nas casas e demais construções seculares!

DSC_9172

DSC_9213

DSC_9317

No dia seguinte, pegamos a estrada em direção ao sítio arqueológico de Tiwanaku. Os Tiwanacotas habitaram a região até 1172, aproximadamente. Quando os Incas chegaram por lá, encontraram apenas ruínas e deixaram-nas intactas. Atualmente, a cidade está em fase de escavação e estima-se que apenas 10% da mesma foi descoberta.

DSC_0261

IMG_3423

Processed with VSCOcam with c6 preset Processed with VSCOcam with c7 preset

DSC_0587

DSC_0873

Processed with VSCOcam with c7 preset Processed with VSCOcam with c8 preset

Processed with VSCOcam with c7 preset Processed with VSCOcam with c8 preset

Acordamos em Copacabana, a principal cidade do entorno do – gigantesco! – lago Titicaca. O lugar é um charme e fica a 3.800 metros de altitude. Precisamos de uma ajuda do oxigênio para recarregar as energias, rs!

Processed with VSCOcam with c6 preset Processed with VSCOcam with c8 preset

Processed with VSCOcam with c6 preset

Processed with VSCOcam with c6 preset Processed with VSCOcam with c7 preset

Processed with VSCOcam with c6 preset Processed with VSCOcam with c7 preset

DSC_1650

Processed with VSCOcam with c4 preset

DSC_1497

Na volta para La Paz, foi difícil deixar esta fofura para trás!

Processed with VSCOcam with c7 preset

Vista do lago Titicaca, maravilhoso! O maior em volume de água da América do Sul e o mais alto lago navegável por grandes embarcações do mundo!

Processed with VSCOcam with c7 preset

Processed with VSCOcam with c7 preset Processed with VSCOcam with c8 preset

A Bolívia me mostrou que, apesar de compartilharmos o mesmo planeta, vivemos realidades distantes. Ainda assim, este é um povo que se orgulha das belezas e histórias de seu país, e nunca deixou de lutar por suas origens… Pelo direito de uma vida melhor. Obrigada, Bolívia! Foi uma experiência especial e inesquecível.

Beijos,

Luisa.