A história do meu estilo Estilo
16 JULHO. 2014
108 COMENTÁRIOS

Com o último Ask me anything  surgiu a curiosidade de algumas de vocês em descobrir um pouco mais sobre o meu passado. Não conheço melhor forma de apresenta-lo do que uma retrospectiva em forma de post. Já fiz isso antes, e foi tão divertido que estou fazendo de novo com a mesma empolgação. Viajando no tempo com as minhas fotografias, posso sentir a alegria de reviver momentos e sentimentos, lembrar que sonhos passados já foram realizados e me confortar no presente. Vamos começar?

DSC05923 680

Eu me encontrei em 2008, durante meu intercâmbio no Canadá. Longe de tudo e todos que eu conhecia, senti liberdade para arriscar. Se não desse certo, sabia que podia rir de mim mesma, pois eu só queria me divertir. Esqueci dos moldes e padrões para inventar um estilo só meu, que falasse por mim e fosse diferente.

A moda foi o meu incentivo, expressão unicamente influenciada pelo meu humor… Ousava com peças diferentes e chamativas e gostava de me ver assim: um ponto colorido na multidão. Não existiam limitações, só criatividade. Impressionante como, quando a gente se descobre, quer mostrar ao mundo que um novo sonho nasceu.

16

DSC05948 680

whistler 228 680

IMG_8685 680

Depois dos 5 meses de viagens, voltei cheia de mudanças na bagagem. Aquela antiga timidez fora tomada por novos desejos e planos, com sede de idéias e liberdade. Nada era mais importante do que aproveitar o instante presente e buscar certezas onde eu as encontrava: na moda! Minha nova personalidade era refletida no estilo boêmio, até um pouco alternativo. Curtia peças divertidas, confortáveis, com um toque retrô e romântico. A minha vida nova era muito empolgante e eu estava apaixonada por ela.

17

Lembro de um poema que escrevi com essa idade e expõe perfeitamente tudo o que eu vivia:

“Ando buscando caminhos incertos, julgados incorretos, mas que me satisfazem. E se a incerteza não me permite tentar, prefiro sonhar a viver uma realidade que nunca me tentou. Não quero um dia sentir saudades de quem nunca fui”. Luisa, 2009.

IMG_9299

Foi com 18 anos que eu comecei a me interessar pela história dos grandes ícones da moda, como Coco Chanel. A sua filosofia única de vida me inspirou a tomar uma postura mais madura, conheci um sentimento de responsabilidade nunca antes experimentado de forma tão intensa. Permaneciam os sonhos de menina, mas era mais clara a realidade. Passei a usar peças que transmitissem segurança a partir do meu estilo clássico e arrumado.

Descobri o blazer, o tweed e peças bem estruturadas. Depois de passar um mês na Europa com o meu pai, entre nossas inúmeras conversas, decidi que iria cursar a faculdade de Direito mas, ainda assim, buscar espaço para a moda em outras áreas da minha vida. Só que eu ainda não sabia como…

IMG_9124

18

Sempre amei fotografar as minhas produções durante as viagens, e as compartilhava – na época – pelo orkut (!) e facebook. Uma amiga decidiu criar um blog e me convidou para participar. Aceitei o convite e, a partir dai, passei a me dedicar ainda mais às fotos e colocar em prática uma das coisas que eu mais amo nessa vida: a escrita.

IMG_9926

268965_2148805114758_4372066_n cópia

Aos 19 anos, ainda no início da faculdade, eu estava muito feliz em praticar o que amava de verdade. O blog despertou em mim aquela vontade de aprender muito mais sobre moda, estilo e arte, pois tudo o que eu queria era compartilhar um conteúdo de qualidade. Passei a pesquisar referências ao redor do mundo, construir painéis de inspiração e prestar mais atenção no que eu via nas ruas. Estava descobrindo o street style e não queria saber de outra coisa.

191

Aproveitei as férias para cursar Fashion Styling e Advertising na F.I.T  (Fashion Institute of Technology), em NY. Aquele julho de 2011 foi uma das experiências mais incríveis que já tive, uma oportunidade única de aprender com professores incríveis e criativos. Além das aulas de excelente conteúdo que me ensinaram novos e promissores conceitos, em todos os cantos de NY eu aprendia. A big apple respirava moda e eu estava amando me sentir em casa. 254753_2218392894409_446494_n cópia

281699_2158443315707_4307233_n cópia

284100_2191513182433_712747_n cópia

Os meus 20 anos foram repletos de mudanças, na minha vida pessoal e profissional. Sabe aquela frase, de que as vezes a vida nos coloca em águas turbulentas, não para nos afogar, mas para nos limpar? Foi mais ou menos isso aí. Perdi a minha avó, que sempre foi o meu maior amor… Ela era costureira, foi quem me apresentou à história da moda e, como vocês devem imaginar, me apaixonei. Naquele ano eu decidi criar o luisameirelles.com, que se tornaria a parte mais gostosa da minha vida.

IMG_6967

O meu estilo renasceu e se tornava cada vez mais meu. Estava começando a criar uma identidade e percebi isso quando ouvia alguém dizer: eu me inspiro em você! Juro que é como alimentar a alma, essa história de tocar as pessoas com a moda. Eu passava por uma fase super feminina e moderna: não faltava brilho, vestidos e oncinha. Mesmo assim, carregava comigo um pouco de tudo o que eu já havia vestido…

20

IMG_4355

tumblr_m0j0j0iu4Y1r706dko1_1280 cópia

IMG_0063

Os meus 21 anos foram lindos… E estão bem pertinho do presente! O ano de 2013 começou com o lançamento do site, fez escala em Londres e terminou com muito amor na Califórnia. Nunca iria imaginar que a vida teria um timing tão perfeito… Com um pouco de atraso a gente sempre descobre que nada acontece por acaso, rs. 

O mês de julho, quando cursei Fashion Styling – dessa vez no Istituto Marangoni – em Londres, foi ponto alto no meu estilo. Eu era boho, casual, descolada, romântica ou moderna, mas isso não importava. Eu tentava era colocar um pouco de Luisa em tudo.

21

DSC_0346

14072013-IMG_0706 cópia

IMG_7451

A partir daí vocês já conhecem a história e lêem mais um capítulo a cada post, foto e viagem compartilhada. O boho predomina, lógico, e tenho quase certeza de que a nossa paixão já virou uma relação sólida de amor. Alguém duvida?

22

_DSC1410 copy

O mais interessante de tudo é imaginar que, nos próximos 7 anos, eu ainda vou mudar muito. A vida não para e a gente também não… Quem usa a moda como forma de expressão sabe que ela está sujeita à novas e infinitas descobertas. Eu guardo com carinho e muito cuidado todo o meu passado, e uso estas vivências para criar experiências sempre que possível. Para isso, só preciso me sentir livre.

Mas ah, se eu pudesse… Diria a aquela menina de 16 anos na primeira foto para ela não se preocupar: tudo vai dar certo… Ela vai conquistar um lugar no mundo.

IMG_9794 cópia

Gostaram da minha história? Já pensou em fazer a sua retrospectiva também? É uma ótima forma de descobrir um pouco mais sobre você. Lembre-se de que o seu estilo é uma imagem pública de sua personalidade, suas idéias mais íntimas e sua história. A única regra é nunca se entediar… Renove o guarda-roupas, faça novos planos e viagens para conhecer outras pessoas e lugares. De repente você vai perceber que pode se inspirar nos acertos do passado e aprender com os erros, até um dia olhar no espelho e perceber que ama o seu estilo.

Mil beijos!