Serra do Caparaó Viagem
31 MAIO. 2017
8 COMENTÁRIOS

Eu amo “turistar” pelo Espírito Santo, e sempre que conheço um de seus cantos tenho mais certeza de que são muitos os lugares incríveis para se descobrir por aqui. Há algumas semanas eu e o Flávio fomos conhecer a Serra do Caparaó, região serrana que abriga um dos pontos mais altos do país: o famoso pico da Bandeira. Quando criança eu ouvi muito falar de lá, mas nunca encarei as excursões da escola, rs.

Quando o Flávio sugeriu que visitássemos o Caparaó eu não fazia ideia do que encontraria, e comecei a pesquisar. Surtei quando vi as fotos da vista lá no alto do pico: que lugar surreal era aquele? Tão pertinho! Precisava ver ainda mais de perto.

sem título-112

Partimos em uma sexta, por volta das 10h da manhã – a viagem durou cerca de 5 horas. O waze nos guiou durante todo o caminho, sem dificuldades! Reservamos duas noites na pousada Villa Januária, localizada na região de Pedra Menina – em Dores do Rio Preto: um dos principais pontos de partida para quem quer visitar o parque nacional. Descobri a pousada neste blog, que também tem dicas ótimas da região!

Nos encantamos com todo o charme e estrutura da pousada, linda! Os quartos ficam em um casarão enorme do século XX – todo restaurado. Nossa suíte era uma das quatro no andar superior, muito aconchegante! O café da manhã é especial – aqueles com cara de casa de vó, sabe? Super caseiro e delicioso. O próprio café é produzido ali mesmo, na região.

Processed with VSCO with m6 preset Processed with VSCO with j5 preset Processed with VSCO with e7 preset

Na sexta fomos beber um vinho no Armazém Caparaó – restaurante/lounge recém inaugurado. No sábado, acordamos cedo para visitar o parque nacional – e escolhemos um destino um pouquinho distante: o Vale Encantado!

Processed with VSCO with kk1 preset Processed with VSCO with a6 preset

O Vale Encantado fica no Alto Caparaó, e seu acesso se dá pela portaria do parque nacional, no estado de Minas Gerais. Fica bem pertinho da Tronqueira – área de acampamento para quem vai subir o pico na madrugada. Saindo da nossa pousada, demoramos cerca de 1:30h até Alto Caparaó: passamos o dia em Minas e voltamos para o ES no final da tarde! São muitas as paisagens de tirar o fôlego na região, mas como tivemos muito pouco tempo, escolhemos visitar só essa. Acho que fizemos a escolha certa!

sem título-2

O tempo estava nublado e a água muito gelada, mas não podíamos viajar até lá e não tomar um belo banho naquela água cristalina. Eu nunca tinha visto um lugar como o Vale Encantado. A água dos poços é verde – muito clara! Ficamos encantados e saímos de lá com aquela energia maravilhosa que só a natureza tem!

IMG_6944

sem título-10

Eu sou muito medrosa e zero aventureira na vida, rs! Fiquei com muita vontade de pular no poço mas não rolou. O Flávio pulou, lógico.

ezgif.com-crop

Eu desci pelo cantinho e tomei o meu banho geladíssimo (congelante!) ainda morrendo de medo, kkkk! Não dava nem pra sentir o corpo de tão frio, mas valeu cada segundo. Enquanto eu tentava ficar musa para a foto o Flávio gritava lá de cima: “coloca o óculos de natação e a cabeça dentro da água!”: eu só conseguia me imaginar abrindo os olhos e vendo um bicho aterrorizante (sou dessas mesmo, gente), mas quando finalmente abri, vi uma imagem inesquecível: o fundo do poço tinha mil tons de verde diferentes – parecia granito. Uma piscina natural que eu nem sonhava existir.

IMG_6915

sem título-43

Aquela foto linda que na verdade foi tirada em um momento de pânico, kkkkk!

IMG_7084

Só ele pra me fazer viver essas aventuras!

Processed with VSCO with j2 preset Processed with VSCO with e6 preset

sem título-34

sem título-62

sem título-73

sem título-70

sem título-78

sem título-86

No caminho de volta, almoçamos em um daqueles self-services mineiros deliciosos e paramos em algumas lojinhas, para comprar souvenirs especiais. Dizem que um dos melhores cafés do país é o do Alto Caparaó! Levamos para casa alguns cafés para experimentar, e doces caseiros maravilhosos.

Processed with VSCO with j2 preset

IMG_6943

Café durante o pôr do sol, no restaurante delicioso da nossa pousada!

sem título-151

De noite, fomos à pizzaria Casa do Lago. Os proprietários são muito atenciosos e queridos, e o lugar é super romântico. Eles sempre têm programações especiais – com música ao vivo e cardápio diferente. Vale conferir se ainda tem vaga para o dia dos namorados!

IMG_6714

No domingo voltamos cedo, mas não pude deixar de fazer mais algumas fotos nos cenários incríveis da Villa Januária. Vontade de ir embora, eu não tinha!

 

IMG_7076

Processed with VSCO with kk1 preset

sem título-200

sem título-269

sem título-297

sem título-316

sem título-285

sem título-332

sem título-346

sem título-324

sem título-350

As peças que usei nas fotos são da nossa coleção de inverno, Brigitte! Vai lá na loja online ver como ela é linda!

IMG_7072

Hora de voltar para casa, com energias renovadas e novas aventuras para compartilhar! Não deixe de reservar uma data para conhecer o Caparaó. O parque nacional é um de nossos grandes tesouros – e considero realmente terapêutico visitar lugares como estes. Ainda quero voltar muitas outras vezes, até me sentir íntima dos habitantes das pequenas cidades que cercam a região. Mesmo que em pouco tempo, o Caparaó já garantiu seu lugar no meu coração.

Beijos,

Luisa.

8 Responses to “Serra do Caparaó”

  1. Nathália Fregonassi disse:

    Que fotos lindas, Luisa!
    O Caparaó é mesmo incrível, e precisa ser divulgado. Em um próximo passeio sugiro uma visita a Pedra Roxa, em Ibitirama: imperdível!

    Ah, e o blog que você comentou (Rotas Capixabas) é do meu concunhado, o Tiago. Os posts dele são super inspiradores para as viagens aqui no ES.

    • Luisa Meirelles disse:

      Oi Nathália! Muito obrigada!
      Com certeza, todo mundo precisa conhecer aquele lugar!
      Amei o blog do seu cunhado – busquei várias informações por lá!

      Beijos!!

  2. Livia disse:

    Oi, Lu. Que fotos, que lugar! Olha que engraçado: eu cresci em Vitória e encarei uma das excursões da escola para subir o Pico da Bandeira e visitar a Serra do Caparaó, rs. Lembro de ter achado muito bonito, mas quando a gente tem 15, 16 anos, às vezes não percebe a extensão da coisa e pode não dar muito valor. Agora, que eu tenho 30 anos e estou morando na Itália, passei o ano novo numa região na Suíça italiana que tem um Vale com rio de água azul esverdeada com essas pedras grandes em volta, um lugar lindo e pensei “nunca tinha visto nada assim na vida”. Mas vendo suas fotos lembrei da minha adolescência e que, sim, já tinha visto. No ES inclusive hahaha Claro, não é igual, cada um tem suas belezas e particularidades, mas lembra bem. Como as coisas são, né? Obrigada por me levar nessa viagem da memória :) Um beijo!

    • Luisa Meirelles disse:

      Livia, que demais! Concordo que, naquela época, não tínhamos maturidade para admirar tamanha beleza da natureza. O olhar faz toda a diferença! Mil beijos e obrigada pelo comentário!

  3. Lu, amei o seu post! Estou programando a minha viagem para Caparaó e me ajudou bastante a descobrir por qual lado é melhor começar a subida!
    Suas fotos estão incrivelmente lindas! A lente que você utiliza é a 50mm?

  4. Paula Sarmenghi disse:

    Caracolis, fiquei muito feliz agora! To planejando uma ida pra lá com meu namorado e seu post ajudou muito! Obrigada por compartilhar tanta beleza, Luisa! Além de linda, criativa e inteligente, dá pra sentir muita sensibilidade, serenidade e sinceridade (quanto “dade”, rs) no que você escreve! Beijão!

    • Luisa Meirelles disse:

      Paula, fofa! Muito obrigada! Fico muito feliz em saber que ajudei de alguma forma. Não deixem de ir para esse lugar incrível! Mil bjs!

Deixe uma resposta